Como lidar com pessoas que adoram ter um problema

Autor: Ricardo J. Botelho

Existem pessoas que não vivem ser curtir um “bom” problema. O mesmo ou diferentes, mas sempre com problema. Neste artigo mostramos como essas pessoas se comportam e qual a melhora maneira de lidar com elas.

Problema Espetáculo

O sujeito expõe o problema para todo mundo. Torna-o público. Pode ser um casal que discute seu problema prá todos ouvirem (na sua frente, durante a apresentação do imóvel, por exemplo). Eles não se contentam em resolver sozinhos o problema. Querem compartilhar! E o pior: vão te envolver nessa discussão.

Como agir: Você não tem escapatória: vai ter de participar do processo. Dar opiniões, ficar do lado de algum deles. Penso que diante de uma discussão desse tipo, o melhor é escolher o lado feminino. Afinal, não sabemos o que acontece entre quatro paredes, mas conhecemos o poder da mulher! Mas faça isso com bom humor, sem provocar o marido.

Problema Amante

Ele existe, mas ninguém vê. O problema é escondido (e protegido) de todas as formas. A pessoa nunca se refere a ele. Esse tipo de problema só aparece de vez em quando. Na verdade, ele não pode (quer) tornar público o problema. Não se sabe ao certo qual a razão dessa atitude, talvez medo de parecer inseguro, sem autoconfiança. A dificuldade é que esse problema vai assombrar o processo de decisão da pessoa na compra do imóvel.

Como agir: Conquiste a confiança dessa pessoa para que ela se abra com você. Perceba o seu semblante, às vezes fechado. Esse pode ser o momento de se mostrar solidário, compreensível e buscar a verdade. Convide o outro a se abrir. Faça isso sem agressividade ou ansiedade.

Problema Identidade

A pessoa é o problema e o problema é a pessoa. Confuso, não? Simplificando: você não separa mais a pessoa do problema. Nesse caso seu desafio é enorme. O pessimismo é um mal que vem junto com esse perfil de pessoa problemática. E quando a pessoa diz que é o problema (sou confuso, sou perdido mesmo, sou fraco)?

Como lidar: Calma! Não se deixe influenciar por essa energia negativa. Não abandone o cliente. Tenha paciência. Busque enfatizar pontos positivos associados à compra do imóvel. Explore outros membros da família que serão felizes com a pessoa no imóvel. Injete pensamentos positivos na “veia” dessa pessoa. Ela precisa desse empurrão.

Problema Trampolim

Existe bom problema? Digamos que a dificuldade nos apresenta a oportunidade. Concorda? Então, alguns problemas podem servir de trampolim para uma nova situação. Tudo vai estar melhor depois que a pessoa enfrentar o problema. Por isso, também, tem gente que não vive sem problemas (ou desafios?).

Como lidar: Essas pessoas podem ser excelentes aliados no processo da compra do imóvel, desde que você consiga envolvê-los e que eles se sintam desafiados e participantes ativamente da gestão dos problemas e da tomada de decisões.

Fechar Menu